Categorias

  • Dicas
  • Buzz
  • Comunicados
  • Versões
  • 09 Mai 2017



    COMO CONSTRUIR UMA AUDIÊNCIA QUALIFICADA E FIEL PARA O SEU NEGÓCIO

    Postado por: Equipe iSend

    Uma dúvida muito comum quando se trata de novos empreendedores, ou até mesmo pessoas que estão há muito tempo no mercado e começaram agora no marketing digital, é: “Como construir uma audiência mesmo eu tendo acabado de entrar no mercado?”

    Não se sinta mal por isso e nem ache que não tem jeito. Este post vai te ajudar. Ele contém dicas essenciais que vão te auxiliar na construção de sua audiência. Se anime, porque eu não vou abordar o assunto de maneira técnica, e tenho certeza que no fim tudo estará claro para você. Acompanhe!

    Como você ou a sua empresa atuam no mundo?

    A pergunta é essa mesmo, meu amigo, por que ela existe? E mais: Como ela existe? O que ela faz para existir? Ao se questionar e fazer essa “sessão de psicanálise” com o seu negócio, você passa a pensar em algo que é primordial para a produção de um bom conteúdo e, consequentemente, para a construção de uma audiência: o propósito.

    O propósito/causa/valor nada mais é do que a famosa missão, que você preencheu lá atrás quando resolveu abrir a sua empresa ou iniciar o seu negócio. Se você não fez, está aí um ótimo exercício de lição de casa.

    Ok, posso apostar que a grande maioria pode dizer algo do tipo… “Ué… o propósito da minha empresa é vender e gerar lucro!”

    E aí te fazemos uma outra pergunta daquelas de parar para pensar: “Se essa é a sua missão, porque você não está sendo bem-sucedido nela, sendo que existem outras empresas fazendo praticamente a mesma coisa que você faz e tendo resultados?”

    Provavelmente as outras empresas de sucesso estão conseguindo gerar resultados pelo motivo do “porquê” delas estar bem compreendido. Como assim? Eu explico: Não adianta apenas dizer “Olha, eu sou muito bom e produzo o melhor produto com a melhor tecnologia” e esperar que as pessoas simplesmente se compadeçam e adquiram o que está sendo anunciado. É preciso mais do que isso, é preciso fazê-los acreditar no que você acredita.

    E o que isso tem a ver com audiência e marketing de conteúdo? Tudo!

    Se você coloca o seu propósito, a sua crença, na essência de todo conteúdo que produzir, consegue se diferenciar mais facilmente e simpatizar com aqueles que também acreditam no que você acredita e… BINGO! A partir disso você tem uma audiência fiel e mais bem qualificada!

    E olhe o mais legal de tudo: quando o consumidor simpatizar com a sua causa, ele não estará fazendo isso por você ou pela sua empresa, mas sim por ele porque ele acredita nela. O que é bem diferente do exemplo que eu dei lá em cima, onde a comunicação praticamente diz: “Eu já te disse que sou o melhor e faço o melhor, agora compre de mim”.
    Muito mais importante do que realizar a venda em si, é preciso inspirar as pessoas. Há quem diga que a fórmula do sucesso seria: “Dinheiro + pessoas certas + boas condições de mercado”, mas não adianta só isso. Analise as pessoas e empresas que você considera bem-sucedidas e perceba como todas elas trabalham o seu conteúdo baseado no porquê, e como o lucro/venda é apenas a consequência do resultado. Você vai se surpreender.

    Seja a Apple do seu mercado

    Parece besteira ou coisa de livro de autoajuda, não é? Mas eu vou te dar um exemplo claro do poder do propósito. Por que tantas pessoas passam horas em filas querendo ser os primeiros a adquirir o novo iPhone? Por que mesmo com outros aparelhos, tecnologicamente falando, similares, ou até mesmo superiores, a Apple vende tanto lançamento após lançamento? Simplesmente porque eles colocam na prática esse lance de vender o propósito para depois vender o produto.

    Na prática:

    Concorrente:
    “Nós produzimos os melhores telefones do mercado >> O QUÊ
    “Eles são minuciosamente projetados para serem fáceis de usar através de uma interface amigável” >> COMO
    “Por isso somos os melhores” >> POR QUÊ

    Apple:
    “Tudo que fazemos, nós acreditamos em desafiar o status quo. Nós acreditamos em pensar de forma diferente”.>> POR QUÊ
    “A forma como desafiamos o status quo é fazendo nossos produtos muito bem projetados, fáceis de usar e com uma interface amigável”.>> COMO
    “Por isso, acabamos fazendo ótimos telefones” >> O QUÊ

    Perceberam a diferença? A maioria de nós faz como o concorrente, e por isso somos muitas vezes tão mal sucedidos nos resultados. As pessoas podem até comprar uma vez da sua empresa, mas depois te abandonam e até passam a falar dos defeitos por simplesmente não acreditarem. Às vezes, algum produto ou serviço nem é tão bom assim, mas o propósito dele é tão genuíno e inspirador que as pessoas passam a optar por ele na hora da decisão de compra.

    Coloque isso em prática hoje mesmo.

    Fonte: Material exclusivo enviado para o Blog iSend, por nosso parceiro Rafael Rez – www.novaescolademarketing.com.br