A Casa Museu Eva Klabin é um dos mais importantes acervos de arte clássica dos museus brasileiros, contando com mais de duas mil peças que cobrem um arco de tempo de quase 50 séculos, do Egito Antigo ao Impressionismo.

A Casa Museu Eva Klabin

A Casa Museu Eva Klabin abriga a coleção reunida por Eva Klabin (1903-1991), um dos mais importantes acervos de arte clássica dos museus brasileiros, contando com mais de duas mil peças que cobrem um arco de tempo de quase 50 séculos, do Egito Antigo ao Impressionismo. A coleção está em exposição permanente e aberta ao público na casa-museu instalada na residência em que a colecionadora viveu por mais de 30 anos e abrange pinturas, esculturas, mobiliário e objetos de arte decorativa.

Desde 2004 conta com o Projeto Respiração, que tem por objetivo criar intervenções de arte contemporânea no acervo de arte clássica da Casa Museu Eva Klabin. Com curadoria de Marcio Doctors, o projeto consiste em convidar artistas contemporâneos a intervirem no circuito expositivo da casa-museu, criando uma ponte entre a arte consagrada do passado e as manifestações contemporâneas.

A Casa Museu Eva Klabin também oferece atividades musicais desenvolvidas a partir de três frentes distintas, os Concertos de Eva, o MPB Eva e o Projeto Concertinhos de Eva. Com o “Concertos de Eva” oferecem música erudita e instrumental de várias épocas e estilos, sendo as performances executadas em sua sala de música. O “MPB Eva” é um projeto que prevê a realização de shows de música popular brasileira no pátio, apresentando espetáculos inéditos de artistas ou grupos estabelecidos e de relevância no cenário musical brasileiro.

Já a série “Concertinhos de Eva” é um projeto que promove eventos musicais destinados ao público infanto-juvenil e seus familiares. A partir de 2017, além das apresentações para o público em geral, a Casa Museu Eva Klabin passou a realizar concertos específicos para estudantes e professores da rede pública de ensino, em uma parceria estabelecida entre a Casa Museu Eva Klabin e a Coordenadoria de Educação Integral e Extensão Curricular/SME-RJ/E/SUBE/CEIEC.

As parcerias educativas que a Casa Museu Eva Klabin estabeleceu tomaram corpo com a criação do programa de Educação em 2014, idealizado com o objetivo de possibilitar variadas experiências com o público, como as visitas mediadas e as oficinas de práticas artísticas. A equipe do setor vem atuando, desde o início, em cooperação com profissionais de educação formal e educação não formal de diferentes instâncias da sociedade, colaborando na elaboração e realização de importantes projetos artístico-pedagógicos.

"O iSend nos possibilitou enriquecer o relacionamento com nosso público
em um período de reclusão e afastamento social, pois, além de promover
a divulgação e comunicação de eventos e atividades, nos proporcionou
um meio pelo qual pudemos assumir uma nova postura diante de nossa
audiência, oferecendo conteúdo informativo, de qualidade e gratuito
de maneira rápida e acessível. O desafio será a partir do retorno às
atividades presenciais pós-pandemia, pois precisaremos manter
a relação positiva que foi construída com o isolamento social."

Marcio Doctors - Curador da Casa Museu Eva Klabin

Necessidades

Desde 2019 a Casa Museu Eva Klabin utiliza o iSend para divulgação de sua programação, encontrando na plataforma os recursos necessários para uma ampla, rápida e eficiente propagação de seus eventos para o público. Entretanto, sendo a programação, em sua maioria, presencial, o uso das possibilidades da plataforma ainda era comedido durante o primeiro ano.

Nos anos de 2020 e 2021, por conta da pandemia de COVID-19, a Casa Museu Eva Klabin transferiu a maior parte da sua programação para o meio digital. Por esse motivo, precisaram de um meio capaz de informar ao público dessas mudanças, direcioná-lo para as áreas em que as atividades ocorriam e averiguar o interesse e acesso aos seus eventos.

Durante o ano de 2020 as newsletters semanais se tornaram um dos principais meios de divulgação de suas atividades. Nesse ano, começaram suas ações chamadas de “Nossa casa na sua casa”, através das quais aumentaram o conhecimento sobre os interesses do público. A partir da inclusão de links nos textos e nas imagens, puderam redirecioná-los para o lugar do evento ou da atividade oferecida e também saber quais conteúdos eram mais acessados.

Em 2021, utilizando a newsletter como uma espécie de revista da Casa Museu Eva Klabin, passaram a elaborar eixos temáticos para cada envio. A partir dessa decisão, as newsletters passaram a ser não apenas um meio para divulgação das suas ações, mas um espaço de comunicação e aprendizado não só sobre o acervo, mas sobre arte e cultura no geral.

Resultados

A partir das transformações na comunicação estabelecida nas newsletters, a Casa Museu Eva Klabin, notou um maior acesso aos seus e-mails e um aumento no engajamento do público com relação às atividades propostas. Nesse sentido, reforçaram o valor do setor de “relatórios” dentro da plataforma, que os possibilitou uma análise detalhada dos acessos de seus conteúdos e dos e-mails que mais interagiam com eles, possibilitando, cada vez mais, um conhecimento sobre o seu público.

A Casa Museu Eva Klabin utilizando a plataforma do iSend, conseguiu comunicar-se com seu público, informando suas atividades e estabelecendo links que direcionam para as áreas que elas acontecem, o que foi fundamental nos anos de 2020 e 2021, já que tornaram boa parte da sua programação online. Além disso, através dos relatórios, tomaram conhecimento de quais e-mails mais interagiam com seus conteúdos e quais atividades possuíam maior engajamento. Dessa maneira, puderam adequar sua linguagem, abordagem e divulgação a partir da avaliação dos resultados obtidos.

Segundo Marcio Doctors e Juliana Cunha, a escolha pelo iSend se deu após perceberem que a ferramenta permitiria maior aproximação com o seu público nesse momento difícil que atravessamos. Eles também descrevem o iSend como uma ferramenta capaz de "Aproximar mundos".

COMUNICAÇÃO DIGITAL

iSend Tv